Psicoterapia com adolescentes

A adolescência é o período de transição entre a infância e a vida adulta. Onde o indivíduo tem que lidar com um mundo imediatista e cheio de novas informações, além de alterações hormonais , oscilações de humor, conflitos no corpo e na mente. 

Na terapia, o adolescente encontra um espaço seguro e livre para conversar sobre seus medos, buscando compreender a si mesmo e ao mundo que o cerca. 

Questões comuns na busca pela terapia:

- Humor deprimido;

- Apatia, desanimo;

- Ansiedade;

- Auto-estima;

- Dificuldade em se socializar;

- Dúvida na escolha profissional;

- Pressão gerada pelo pré-vestibular/escola;

- Agressividade;

- Transtorno alimentar;

- Sexualidade;

- Identidade de genero;

- Abuso de álcool e drogas;

- Auto-mutilação;

- Ideias ou tentativas de suicídio.

 

Como é realizada a terapia com adolescentes?

A primeira sessão (e posteriormente mais algumas) é realizada com os pais ou responsáveis legais do paciente. Para que o psicólogo entenda a busca pela terapia e a dinâmica familiar, e para que o responsável seja esclarecido sobre o funcionamento da terapia, possa tirar suas dúvidas, e falar sobre seus medos e angustias com relação ao adolescente.

Durante as sessões, o adolescente pode levar quaisquer temas para discutir com o psicólogo, sem restrições ou julgamentos, devendo sempre ser ouvido e acolhido pelo profissional. 

É importante ressaltar que tudo que for conversado é confidencial, o profissional que expõe o paciente, estará ferindo o código de ética, salvo em situações de risco de vida.

"A adolescência é a fase em que os piores e melhores impulsos da alma humana, lutam entre si para ganhar terreno"

                                                                  (G. Stanley Hall, 1904)

Psicoterapia com adultos

É comum, ao longo da vida, experimentar momentos de tristeza, mágoa, insegurança, apatia. Porém, o fato de não conseguirmos lidar com determinados sofrimentos, pode trazer grandes prejuízos em nossas vidas, afetando, inclusive, os que nos cercam.

Ao contrário do que muitos acreditam, a busca por terapia é um ato de coragem (e não fragilidade), onde o indivíduo se propõe a mexer no que lhe causa dor e a mudar sua relação consigo mesmo e com o mundo. Cuidar de si mesmo é um ato de amor. 

 

 Questões comuns na busca pela terapia:

- Insatisfação com sua vida pessoal, profissional, amorosa;

- Conflitos interpessoais, no trabalho e matrimoniais;

- Descontrole emocional e comportamental; 

- Estresse;

- Baixa auto-estima, insegurança;

- Dificuldades em se socializar;

- Agressividade;

- Fobias; 

- Depressão;

- Ansiedade;

- Transtorno alimentar;

- Auto-mutilação;

- Tentativa ou ideias suicidas. 

Como é realizada a terapia com adultos?

A sessão é individual, onde quaisquer temas podem ser trabalhados, sem restrições e livres de julgamentos. É importante ressaltar que tudo o que for conversado é confidencial, o profissional que expõe o paciente, está ferindo o código de ética, salvo em situações de risco de vida.

"Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para dentro do seu coração. Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, desperta." 

(Carl Jung)

                                                                                   

Terapia de Casal

Quando nos apaixonamos e decidimos incluir uma pessoa em nossas vidas, criamos inúmeras expectativas com relação a pessoa e até mesmo com o relacionamento. A rotina, preocupações com trabalho, filhos, realização profissional, são algumas questões que podem criarum distanciamento entre os casais (ou um dos pares) começa a se dar conta que não conseguem mais dialogar, os gritos tomam uma proporção cada vez maio, não existe mais gentiliza, cuidado e atenção. A vida sexual também fica comprometida, ainda assim, não conseguem terminar, muitas vezes, porque ainda existe amor, mas também não conseguem melhorar a relação. 

Nem sempre o outro atende as nossas demandas, mas nem sempre isso quer dizer que ele não nos faz bem ou que não devemos manter aquela relação. Na terapia o casal tem a possibilidade de falar e ser ouvido, já que as constantes brigas atrapalham o diálogo. Além de enxergar o parceiro como uma pessoa que também está tentando se encontrar naquela relação.

Questões comuns na busca pela terapia:

- Falta de diálogo; 

- Brigas constantes;

- Ofensas e xingamentos;

- Traição e mentiras;

- Conflito no cuidado dos filhos;

- Intromissão de membros da família na relação do casal;

- Questões financeiras; 

- Falta de desejo sexual.

 

Como é realizada a terapia de casal?

Cada casal tem as suas particularidades, mas de forma geral o atendimento é realizado com o casal e algumas sessões são realizadas de forma individual. É importante ressaltar que as sessões individuais não é uma terapia individual, ainda é uma terapia de casal, que tem como objetivo levantar questões muito particulares de cada um, mas que de alguma forma influencia na vida do casal, como traição em relacionamentos anteriores, e identificar comportamentos que se repetem em diferentes relacionamentos que de alguma forma atrapalham a relação atual. 

Em geral a terapia de casal, dura menos tempo que um acompanhamento individual, porém o tempo depende de quanto o casal está disposto a investir na resolução do problema que os levaram para a terapia. As crises vão continuar surgindo, e isso é normal na dinâmica familiar, e o casal terá que lidar com elas sem precisar sempre de um suporte terapêutico.

"Você pode saber o que disse, mas nunca o que o outro escutou"

(Jacques Lacan)

Fale Comigo

Para qualquer dúvida, você pode me encontrar aqui!

Praia de Botafogo, 210, Botafogo

Rio de Janeiro, RJ

Contato 2137-1571 / 97557-5373

  • Instagram ícone social

© 2023 by Modern Mindful Therapy. Proudly created with Wix.com